Tudo sobre Sala de Aula Invertida

Tudo sobre Sala de Aula Invertida

saula de aula invertida
A implementação de metodologias inovadoras nos processos de ensino e aprendizagem escolar não começou a acontecer somente em função da pandemia, como muitos pensam. Conceitos como sala de aula invertida, ensino híbrido e metodologias ativas já são estudados e implementados há muitos anos no Brasil e no mundo. Há que se destacar, no entanto, que a chegada da pandemia e a imposição de isolamento social, com a suspensão das atividades presenciais nas escolas, acelerou muito este desenvolvimento. Assim, o uso da internet como ferramenta habilitadora da manutenção das aulas, e a necessidade do aumento dos estudos em casa impulsionaram a adoção de métodos como a sala de aula invertida. Neste modelo de aprendizagem, a ideia é inverter a lógica tradicional de o professor transmitir um conteúdo em sala de aula e os alunos absorverem isso e levarem tarefas e atividades para casa como forma de estudo.  Na sala de aula invertida, os estudantes se conectam primeiro ao conteúdo, da forma que forem instruídos pelos professores, e quando chegam na sala de aula já estão preparados e aptos a debater em grupo sobre os aprendizados e dúvidas. Continue a leitura deste artigo para conhecer mais sobre a metodologia de sala de aula invertida, quais são suas vantagens e desvantagens e como você pode aplicá-la na sua instituição de ensino!

O que é a Sala de Aula Invertida

Sala de aula invertida é uma metodologia de ensino que mescla os conceitos de aprendizagem ativa com o ensino híbrido para, conforme mencionado anteriormente, inverter a lógica do modelo tradicional de ensino. Datada de 1996, a metodologia surgiu na Miami University, em Ohio, nos EUA, e vem se consolidando cada vez mais — especialmente devido à pandemia. Através deste método, professores compartilham com os alunos, através de alguma plataforma online, conteúdos referentes ao tema das aulas de forma antecipada. Seja por meio de aulas online, vídeos, áudios, textos, notícias etc., os alunos, então, podem consumir esses conteúdos indicados e se preparar para o dia da aula. O grande objetivo por trás desta metodologia é o de transformar as aulas em experiências mais enriquecedoras para os estudantes, convidando-os a serem mais ativos na troca de conhecimento. Essa mudança não exclui o processo que ocorre naturalmente em sala de aula, com os professores à frente dos debates e das trocas, porém como mediadores e responsáveis por tirar as dúvidas. Nesse cenário, tudo acontece de forma mais dinâmica e com os estudantes no centro, engajando, trazendo tópicos baseados em suas interpretações das leituras e conteúdos, e instigando a participação uns dos outros. sala de aula invertida

Vantagens da metodologia para a educação

Com base no que já foi apresentado sobre a metodologia de sala de aula invertida, é perceptível que o método pode trazer diversas vantagens para o setor da educação. Confira a seguir algumas delas.

Estímulo ao protagonismo dos alunos

A sensação de responsabilidade sobre estar com a matéria em dia para participar dos debates é um ponto muito positivo da metodologia da sala de aula invertida pensando em estimular o protagonismo dos alunos.  Com a orientação correta sobre a importância desse estudo prévio em casa, os estudantes identificam que precisam de fato estabelecer uma rotina de estudos — mesmo estando em casa o tempo todo durante a pandemia, por exemplo — para dar conta daquilo que será exigido.

Maior flexibilidade e autonomia

Além da disciplina que resulta da criação de uma rotina de estudos, o fato de poder construí-la da forma que for mais confortável para cada pessoa também é uma grande vantagem da sala de aula invertida. Ao dispor dos conteúdos através de uma plataforma online durante 24 horas por dia, os estudantes podem montar a sua grade de estudos conforme as suas rotinas próprias. Essa flexibilidade nos horários traz também motivação para os estudantes, que se sentem mais donos do próprio processo de aprendizagem, e consequentemente conseguem se engajar e se interessar mais.

Desenvolvimento de competências socioemocionais

As habilidades e competências exigidas pelo atual mercado de trabalho, ou seja, a vida adulta que espera pelos estudantes em fase escolar, não estão mais focadas somente em conhecimento técnico. Cada vez mais habilidades socioemocionais são levadas em consideração nos processos seletivos e no desenvolvimento pessoal e profissional. Assim, ao estimular o debate e a troca de ideias entre os estudantes ao longo da metodologia da sala de aula invertida, é possível impulsionar também o desenvolvimento de senso crítico, respeito, linha argumentativa, colaboração, socialização etc. Todas essas características contribuem diretamente para a formação cidadã desses estudantes, colocando-os em uma posição privilegiada quando o assunto for soft skills

Como aplicar na sua instituição de ensino

Por se tratar de uma metodologia ainda não utilizada em todas as instituições de ensino, é fundamental que a gestão da sua escola desenhe um planejamento para esta implementação. Determinar o que é possível para o seu cenário, como os benefícios poderão agregar no seu dia a dia e quais os resultados esperados será essencial. A partir de um planejamento claro, com objetivos bem definidos, é hora de capacitar e preparar a sua equipe. Isso porque a dinâmica das aulas será essencialmente modificada, e é preciso que os professores se sintam seguros e confiantes tanto para ministrar este novo formato, quanto para argumentar e defender a metodologia diante dos estudantes e familiares — por ser algo novo, pode haver questionamentos. O terceiro e último passo é, então, pensar no que pode ser acrescentado como conteúdo preparatório nas aulas, especialmente em termos de formato. Alguns exemplos do que pode ser abordado:
  • textos e artigos;
  • jogos;
  • quizzes;
  • aulas em vídeo;
  • podcasts e áudios;
  • notícias e reportagens;
  • posts de redes sociais.
Todos estes elementos da vida digital agregam características de sua forma de construção que podem ser levadas para debate em sala de aula. Como um post em rede social aborda uma determinada temática? O que a imprensa fala sobre isso? Qual a percepção do aluno acerca disso? Assim o debate é constantemente estimulado, incluindo elementos que fazem parte do dia a dia dos alunos fora da sala de aula e trazendo formatos mais atrativos. Para ter acesso a mais conteúdos como este e saber ainda mais sobre o universo da transformação digital na educação, continue acompanhando o nosso blog!

Deixe um comentário

Leia também

Nuvem Mestra agora é Inicie Educação

Nuvem Mestra agora é Inicie Educação   Você já conhece a qualidade, reputação e referência da Nuvem Mestra no mercado enquanto consultoria estratégica em projetos

Vagas Inicie Educação - Maio

Novas Vagas no Grupo Inicie

Estamos com mais de 13 vagas abertas para diferentes áreas de atuação. Confira a seguir quais são e venha participar da transformação da educação no