Planejamento estratégico na educação: como pensar para instituições de ensino

Planejamento estratégico na educação: como pensar para instituições de ensino

Gestão de indicadores, metas organizacionais e crescimento. Parecem termos ligados ao mundo corporativo, mas essas também são algumas das principais vantagens de se implementar um planejamento estratégico na educação na sua instituição. O pensamento direcionado à eficiência deve ser cada vez mais implementado também no setor da educação, e para isso é possível contar com metodologias de gestão escolar. Conjunto de fatores ligados à forma de administrar instituições de ensino, esta prática tem como principal diferencial o envolvimento de equipes multidisciplinares na construção do planejamento pedagógico e estratégico para o ano. Se você começou 2021 sem muita certeza do que fazer, como inovar e ter mais eficiência na sua instituição escolar, continue lendo este artigo e veja como implementar um planejamento estratégico na educação pode te beneficiar!

Como pensar um planejamento estratégico na educação

Antes de pensar em como executar um planejamento estratégico na educação, é fundamental compreender do que se trata esse conceito. Planejamento estratégico é aquele em que a organização que se baseia nos seus principais objetivos e metas para traçar planos de ação para atingi-los. Em geral, as metas são definidas pela diretoria das organizações de forma macro, desenhando objetivos gerais dessas empresas. A partir disso, são traçados objetivos menores a serem alcançados pelos diferentes setores que podem contribuir com as metas maiores. No caso de uma instituição de ensino, eis alguns exemplos possíveis de metas: financeiras relacionadas a número de matrículas e alunos; de gestão ligadas ao desenvolvimento e capacitação do corpo docente e demais membros da comunidade escolar; e até de marketing, pensando na expansão da marca para melhor posicionamento e criação de relevância no setor. Desta forma, o detalhamento das ações, tarefas e processos que precisam ser realizados pela instituição ao longo do caminho que leva até os objetivos é o planejamento estratégico na educação. Confira a seguir como desenvolvê-lo através das melhores práticas de gestão escolar.

Gestão escolar e planejamento estratégico

Por se tratar de uma forma inovadora de administrar instituições de ensino, a gestão escolar agrega uma visão holística ao processo que contribui muito para a construção de um planejamento estratégico na educação. Com o olhar direcionado a resultados cada vez melhores, a gestão escolar com seus diferentes pilares é um dos caminhos mais seguros para você investir na hora de construir seu planejamento anual. Por meio dos pilares da gestão escolar toda a diretoria pode se alinhar com a equipe de professores, servidores e demais membros da comunidade escolar para construção do planejamento estratégico. São eles:
  • gestão pedagógica;
  • gestão administrativa;
  • gestão financeira;
  • gestão de pessoas;
  • gestão da comunicação;
  • e gestão de tempo e eficiência dos processos.

Como unir os conceitos

Cada um desses setores conhece o dia a dia e entende bem dos desafios que mais enfrenta e, portanto, consegue levar até a diretoria o que acredita que pode funcionar para resolvê-los. Esta é uma maneira altamente eficiente de dar o primeiro passo na criação de um planejamento que é realizar um diagnóstico extremamente realista da instituição. Desenhando o cenário atual e identificando os principais desafios que precisam ser solucionados você consegue obter uma fotografia atual para trabalhar em cima dela. A contribuição multidisciplinar proporcionada pela gestão escolar é fundamental para a criação de um planejamento estratégico na educação eficiente. Com os desafios mapeados, é hora de identificar quais mais impactam no dia a dia da instituição, quais geram os maiores prejuízos e quais precisam ser endereçados com maior urgência. São esses gargalos que podem estar interferindo no crescimento da escola, ou mesmo na sua estagnação em relação a algum desenvolvimento específico esperado e, portanto, precisam ser resolvidos.  Neste momento são criadas as metas e objetivos que irão guiar o planejamento estratégico. Aqui devem ser definidas as ações que serão adotadas para atingir cada uma das metas, quais os prazos de cumprimento de cada uma e como a escola imagina seu cenário futuro após a execução deste planejamento.

Benefícios de um bom planejamento estratégico na educação

Ao final, implementar as melhores práticas na construção e depois na execução do seu planejamento estratégico na educação só trará benefícios a todos os envolvidos, como:
  • melhoria da gestão financeira e de tempo, direcionando os recursos para os lugares certos;
  • aumento da motivação e comprometimento dos professores ao gerar metas e indicadores de desempenho;
  • maior integração dos setores da escola, ao criar e executar juntos um planejamento em prol dos objetivos gerais da instituição;
  • otimiza o entendimento sobre os objetivos e rumos a serem seguidos pela escola;
  • ajuda a embasar a tomada de decisões.
Para acompanhar mais novidades sobre o cenário da educação, acesse o blog da Nuvem Mestra e confira conteúdos que ajudam você a inovar na criação do planejamento estratégico na educação na sua instituição de ensino!

Deixe um comentário

Leia também

Nuvem Mestra agora é Inicie Educação

Nuvem Mestra agora é Inicie Educação   Você já conhece a qualidade, reputação e referência da Nuvem Mestra no mercado enquanto consultoria estratégica em projetos

saula de aula invertida

Tudo sobre Sala de Aula Invertida

A implementação de metodologias inovadoras nos processos de ensino e aprendizagem escolar não começou a acontecer somente em função da pandemia, como muitos pensam. Conceitos