Blog

O aluno também é agente da transformação digital da escola

Resumo – Agilidade na adoção de processos digitais, engajamento da gestão e implantação de programas com foco no aluno impulsionaram resultados. Alunos e professores certificados, maior permanência do estudante na escola, professores e alunos mais próximos.  Próximos passos incluem adoção de 1 chromebook gerenciado para cada aluno e certificação de Escola de Referência Google.

A Maple Bear iniciou seu trabalho em Mogi das Cruzes em 2008, sendo pioneira na cidade em educação bilíngue. Atende cerca de 400 crianças e adolescentes da Educação Infantil ao Ensino Médio. Criativos, tecnológicos e protagonistas do próprio aprendizado, muitos dos alunos desejam continuar os estudos tanto no Brasil quanto no exterior.

Desafio

Computadores, tablets, telefones celulares e outros gadgets, por meio dos mais diversos aplicativos, parecem tomar conta do gerenciamento das ações do dia a dia com a promessa de simplificar a vida do ser humano. A escola, formadora dos cidadãos do século XXI, não pode ignorar o “tal advento” da tecnologia e, portanto, se não aliar-se a ela, ganha um grande inimigo em sala de aula e em todo o ambiente educacional. Além disso, percebe-se um conflito de gerações e culturas: à medida que jovens utilizam esses recursos no dia a dia das mais diversas formas e têm conhecimento sobre as possibilidades, nós, educados muitas vezes no século passado, temos a dificuldade de enxergar novas oportunidades.

Solução

A partir deste contexto, a Maple Bear Mogi das Cruzes procurou inserir o Google for Education a fim de permitir o uso da tecnologia na escola de forma produtiva, colaborativa e que de fato transformasse a educação. O grupo gestor acredita que, mais do que usar como um recurso, do que solicitar trabalhos digitados com margens definidas, ou apresentações em slides e até gráficos em planilhas,  alunos e professores precisam entender que esses recursos, sendo bem usados, constroem um cidadão diferenciado, capaz também de desenvolver habilidades necessárias para o mundo do trabalho de hoje, facilitando as demandas do dia a dia, estimulando a colaboração, otimizando o tempo e melhorando a qualidade do que se é feito.

Para otimizar o trabalho promovido pela Nuvem Mestra na formação dos  professores no uso da tecnologia em sala de aula e para garantir a transformação do aprendizado, potencializou-se a participação do Aluno Tutor Google for Education, projeto desenvolvido em parceria com o Google e a Nuvem Mestra que, por meio de tarefas e desafios, estimula o aluno a refletir com os professores sobre as aulas dadas.

Os alunos tutores encontram-se semanalmente com a gestão e, em posse de seus próprios chromebooks, discutem e trabalham sobre as ações necessárias para a escola. A cada aluno é atribuído um ou dois professores e, em horários agendados, eles se reúnem para discutir formas de implantação de tecnologia em suas aulas.  Dessa forma, conseguimos atingir 100% dos professores especialistas do Fundamental II e Médio de forma individual e privada.  Além disso, os alunos que já passaram por essa fase trabalham hoje com a equipe administrativa, garantindo que a tecnologia seja implantada e usada em todos os departamentos da escola. A cada aluno foi atribuído um funcionário, que pode  tanto solicitar a ajuda do tutor em momentos específicos como pode receber treinamentos e orientações sobre o uso das ferramentas. Atualmente, 100% dos nossos funcionários migraram para o uso da plataforma Google. 

Aluno entende aluno e, por isso, são os próprios alunos tutores que orientam o uso das contas de alunos nas outras séries. Recentemente, os alunos tutores Google realizaram uma reunião com 45 colegas acompanhados de seus responsáveis, para não só disponibilizar as contas Google, mas também explicar o uso de cada ferramenta e a importância da segurança na web, incluindo como criar uma senha segura, além de otimizar o trabalho da gestão e professores. O resultado é muito mais eficaz.

Resultados

Cultura 100% digital

Definição clara da visão da escola em adotar práticas inovadoras na sala de aula e em todos os outros departamentos e apropriação do uso de tecnologias pela gestão guiaram a instituição para solidificar a cultura digital estabelecida. Processos administrativos, fluxos de gestão e projetos em sala de aula acontecem de forma colaborativa e 100% em formatos digitais.

Famílias mais próximas da escola

Seja acompanhando atividades desenvolvidas no Google Classroom ou participando de eventos presenciais. 

Além de acompanharem as atividades dos alunos, os pais participam ativamente do processo, contribuindo com a formação dos alunos no uso das ferramentas e da cidadania digital.  

Engajamento do aluno na aprendizagem

A aproximação do aluno e do professor otimizou o processo de ensino e de aprendizagem e hoje o índice de participação dos alunos nas atividades é de 100%. A principal mudança no planejamento das aulas foi a inclusão de ferramentas digitais que possibilitaram a exploração do assunto trabalhado de diversas formas. 

Ambiente seguro e otimização da comunicação

Mensagens mais claras e diretas aos alunos, além da garantia de recebimento das atividades trabalhadas. O índice de entrega é próximo aos 95%. Todos os alunos tutores têm um chromebook gerenciado e participam de reuniões semanalmente.

  “Que o uso das tecnologias seja uma forma de nos tornar mais humanos’’. -Richard  Debre, Diretor – Maple Bear Mogi das Cruzes

O que queriam fazer

Criar uma cultura adequada do uso de tecnologia na sala de aula e na escola, promovendo a transformação digital.

O que fizeram

Uso de chromebooks gerenciados por 100% de alunos, professores e gestores.

Certificações Google Educator para professores e gestores.

Participação direta e efetiva dos alunos como tutores.

Atribuição de chromebooks aos alunos tutores. 

O que alcançaram

Foram os primeiros alunos do mundo que conquistaram a Certificação GSuite for Students.

Alunos com autonomia para sugerir experiências de aprendizagens e apropriados tecnicamente do uso de recursos tecnológicos.

Maior interação da comunidade escolar com familiares através de ações interativas.

Toda escola engajada e usando as ferramentas Google nos processos pedagógicos e administrativos.

Não basta apenas falar sobre o protagonismo do aluno na escola, é preciso proporcionar isso a eles, fazer acontecer”. – Amanda Araujo, Coordenadora de Tecnologias Educacionais – Maple Bear Mogi das Cruzes

Comentários

  1. Parece desafiador essa proposta, mas eu creio que o uso das tecnologias no âmbito escolar está dando um grande passo. Aos poucos os professores estão se habituando a essa nova realidade.Espero que esse curso mude a minha forma de ver a educação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *